quinta-feira, maio 01, 2008

Novo artigo de revisão da literatura: "O treino da flexibilidade muscular e o aumento da amplitude de movimento: uma revisão crítica da literatura"

Um novo artigo (de revisão da literatura) da minha autoria, saído na revista 'Motricidade', volume 3, nº4, estará disponível brevemente com aqueles que assinam a revista. Para quem não assina a revista, poderei enviar o PDF do número total da revista em questão (basta deixarem-me a morada de email).
O artigo intitula-se "O treino da flexibilidade muscular e o aumento da amplitude de movimento: uma revisão crítica da literatura" e, para além de apresentar uma revisão relevante dos diversos tipos de alongamentos + estudos com eles realizados, pretende realizar uma ligação dos princípios do alongamento à Teoria das Cadeias Musculares. Assim sendo, são dadas pistas relativamente aos princípios controversos do treino de flexibilidade segundo os ideais de Mézières, Souchard, entre outros. Significa isto que, de uma forma científica, é questionada a eficácia da realização de calor e/ou exercício antes do alongamento, assim como é reinterpretado o efeito pelo qual o PNF resulta no aumento das amplitudes de movimento.
Deixo, em baixo, o 'resumo' e referência do artigo.
----------------
Resumo:
O treino da flexibilidade muscular põe em evidência uma série de princípios neurofisiológicos e um conjunto intrincado de propriedades musculares e visco-elásticas. São diversos os métodos de estiramento realizados nos contextos clínico e desportivo. Apesar da sua utilização ser comum, não é usual os profissionais de saúde e educação reflectirem sobre os componentes e eficácia dos diversos métodos de estiramento. Neste artigo, realizamos uma revisão crítica dos diversos métodos utilizados no treino de flexibilidade, assim como dos princípios e parâmetros que com eles se relacionam. Daremos especial ênfase aos princípios em que se baseia a facilitação neuromuscular proprioceptiva e os diversos métodos de relaxamento local, como o aquecimento. Para além disso, teremos em conta os dados reveladores relativos ao paradoxo do Coeficiente de elasticidade, os quais podem ajudar a conceber uma filosofia de intervenção do treino de flexibilidade divergente relativamente ao que classicamente tem sido defendido e efectivado.
-------
Referência: Coelho, L; O treino da flexibilidade muscular e o aumento da amplitude de movimento: uma revisão crítica da literatura. Motricidade 3(4): 22-37

12 comentários:

Anónimo disse...

Boa noite!
Tenho estado atenta ao seu blog que me tem trazido muita nova e interessante informação. Estava interessada em ler o seu artigo se me puder enviar agradeço ana.r.gfernandes@gmail.com!

Parabéns pelo blog e pelo trabalho de investigação!!

Anónimo disse...

Estou interessado em ler o artigo mencionado, e desde já agradeço o favor de mo enviar. Aproveito também para lhe dar os parabens pelo seu blog.
Atenciosamente
octavioaferreira@gmail.com

Anónimo disse...

Olá, encontrei por acaso o seu blog e me peguei intertido mais que o habitual tempo em que focalizo minhas atenções aos besteirois virtuais. Parabéns por dar muita luz a uma terra sem lei e de conhecimentos questionáveis.
Me interesso por ler seu artigo, ficarei grato se caso enviar.
Obrigado

demaicons@yahoo.com.br

Ruben disse...

Caro Luís Coelho:
Parabéns pelo Blog, a Investigação em Portugal precisa de pessoas que se interessem como você pelas "coisas" da Investigação. Neste caso, o seu trabalho é cada vez mais pertinente, continue a trabalhar e a investigar, que cá estaremos para apoiar na medida do possível, com a publicação de Artigos.
Abraço
Prof. Dr. Ruben Pereira

Jailson disse...

Caro Coelho,

Parabéns pelo blog. É com iniciativas assim que a Fisioterapia vai se desenvolver.
Estou orientando um trabalho sobre SGA, e gostaria, se possível, que você enviasse esse artigo e mais algum que possa ser útil.
Agradeço antecipadamente.
jailsonfisio@hotmail.com
Jailson.

ana lúcia disse...

OI Coelho ... é o seguinte eu estou precisando desse artigo da flexibilidade para meu tcc que tem como tema flexibilidade da cadeia posterior no metodo de pilates então pode me enviar ...

agradeço desde já ...

atrua@hotmail.com

Deusiane disse...

Ola fiquei bastante interessada em ler o artigo após analise do resumo.
se possível gostaria de recebê-lo.
Deusyliebe@hotmail.com

joseane disse...

Coelho,
parabéns pelo blog ele é muitissimo interessante. TAmbém fiquei interessada pelo artigo. Gostaria de le -lo se puder enviar, agredeço atencipadamente.
josipaim.fisio@hotmail.com

Grata!!

Anónimo disse...

Olá!

Estou pesquisando artigos para usar na minha monografia, caso possa enviar o seu e talvez outros mais que tenha, agradeço desde já!

camiliyounes@hotmail.com

Pedro disse...

Olá Luis,

Parabéns pelo blog.
Gostaria de ler este artigo.
pedro.soulbrother@gmail.com
Grato

Anónimo disse...

Ola. Ando muito interessada neste tema e gostaria de obter o seu artigo, bem como mais informações/artigos sobre SGA. Obrigada e parabéns pelo blog. O meu email é isabel2osorio@hotmail.com.

Anónimo disse...

Olá Luís,

Estou a começar a preocupar-me com estas questões como treinador e, como escreves-te, gostava que me enviasses o dito artigo para ler mais sobre o assunto.
Caso me aconselhes mais algum artigo sobre flexibilidade muscular e o aumento da amplitude de movimento agradecia.

Aqui fica o meu endereço:
jojedesporto@gmail.com

Obrigado,
JJ